Contactos

DOMOFORTE Soluções em Iluminação Natural

  • Pessoa de contato: Equipe Domoforte
  • Telefone: +55 (19) 3326-65-76
  • +55 (19) 99609-54-74
  • Skype: domoforte
  • Endereço postal: r.s carlos silva 321, Campinas, São Paulo, 13095-210, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

30 sugestões de Práticas Sustentáveis

30 sugestões de Práticas Sustentáveis

28/02/16

Práticas sustentáveis do Sebrae: 1. Na hora da compra, avalie se realmente precisa do produto: Além de economizar, irá gerar menos resíduos; 2. Prefira comprar em lojas com praticas socioambientais: Adquire produtos que irão retornar com práticas que contribuem para um planeta melhor; fortalece a sustentabilidade como mercado viável. 3. Elimine vazamentos: Evita o desperdício de água e reduz o valor da conta de água no fim do mês. 4. Faça a captação e o aproveitamento da água da chuva: Reduz o uso de água potável em manutenção; contribui para a redução dos custos públicos para tratamento e distribuição da água; diminui o custo da fatura com água. 5. Não deixe aparelhos eletroeletrônicos em standy by: Economiza em média 12% do consumo doméstico de energia elétrica; 6. Instale painéis fotovoltaicos : Painéis de energia solar economiza nas despesas mensais com energia elétrica; aumenta o uso de energias renováveis; 7. Mantenha as fiações elétricas em bom estado: Evita fuga de energia por meio de fios danificados; evita possíveis acidentes; 8. Substitua lâmpadas incandescentes por lâmpadas econômicas: Economiza em média 60% no consumo; evita a emissão de possivelmente 136kg de gás carbônico por ano; diminui o número de substituições, pois a fluorescente tem maior vida útil; 9. Faça separação do seu lixo: Possibilita a reciclagem de materiais; evita a degradação do meio ambiente, economizando matérias-primas para fabricação de novos produtos; auxilia o fortalecimento econômico de cooperativas de reciclagem, contribuindo para melhoria de vida dos catadores; contribui para o aumento de vida útil dos aterros sanitários, evitando que produtos recicláveis sejam destinados incorretamente; 10. Diminua o uso de descartáveis: Economiza no custo dessas despesas; evita geração de resíduos; 11. Menos embalagem é mais competitivo e sustentável: Menos embalagens e mais refis são recomendáveis e preferidos pelos consumidores conscientes. Embalagens recicláveis são cada vez mais competitivas. Evite utilizar materiais em excesso ao embrulhar produtos. Atualmente a maior parte do lixo urbano é composta por embalagens; 12. Use madeira de reflorestamento ou certificadas: Prefira madeira de reflorestamento ou certificada para usar em sua empresa. Verifique a procedência de todo material feito de madeira e adquira produtos preferencialmente com selo de certificação FSC; 13. Energia solar é muito mais econômica: Um aquecedor solar gasta R$ 0,0035 por litro de água aquecida, enquanto um aquecedor de gás R$ 0,64, e um chuveiro elétrico R$ 0,89. Reduza custos de sua empresa, utilizando sistemas de aquecimento solar para alimentar chuveiros e torneiras de água quente; 14. Faça parceria com cooperativas de recicladores e doe seus resíduos recicláveis: Torne-se parceiro dessas entidades em sua cidade e doe os resíduos gerados no dia a dia para elas. Dessa forma estará reduzindo o volume de resíduos na coleta, lixões e aterros sanitários e, ainda, vai apoiar a atividade produtiva e remunerada dos recicladores de resíduos, que fornecem tais materiais para as indústrias de reciclagem; 15. Diminua custos de limpeza, adotando produtos biodegradáveis e receitas caseiras: Os custos de limpeza podem ser reduzidos ao optar por produtos biodegradáveis e receitas caseiras. Dessa forma, seu empreendimento também estará participando do esforço coletivo de diminuir a poluição de rios e do impacto ambiental; 16. Adquira produtos locais: Evite a compra de produtos de fora de sua cidade para diminuir a emissão de gás carbônico (CO²) no transporte deles. Ir à feira livre é uma ação sustentável. Estimule a economia local e a geração de empregos e postos de trabalho em sua cidade ao comprar produtos locais; 17. Envolva e capacite todos os colaboradores rumo à sustentabilidade: Envolver e capacitar todos os colaboradores na nova postura do mercado sustentável. Os resultados da redução de consumo de energia, água, transporte, embalagens, entre outros, só serão alcançados a partir da mudança comportamental e adoção de novas atitudes; 18. Prefira tecnologias limpas e de baixo consumo energético: Ao adquirir equipamentos e tecnologia para seu negócio dê preferência para aqueles que poluem menos e reduzem o consumo de energia. Isso é bom para o meio ambiente e seu bolso; 19. Instale torneiras de baixo consumo de água: Torneiras de baixo consumo de água ou com fechamento automático já se tornaram comuns no mercado. 20. Use a internet e o telefone para reduzir o consumo de CO²: A tecnologia como a internet e o telefone são aliados das empresas para a redução de custos e de emissão de CO² (carbono). A internet é ótima ferramenta de comunicação para capacitar ou reunir funcionários sem necessidade de gastos com deslocamentos (avião, hospedagem e diárias). Cursos de educação à distância, teleconferências, videoconferências ou reuniões remotas por telefone podem ser feitas via internet; 21. Prefira equipamentos com o Selo Procel: O selo Procel de Economia de Energia é a principal referência para consumidores e empresários, na hora da comprar equipamentos e eletrodomésticos. Ele aponta os níveis de eficiência energética, de acordo com cada categoria, garantindo economia na sua conta de energia. O objetivo do programa é incentivar a fabricação e comercialização de produtos mais eficazes, visando o desenvolvimento tecnológico nacional e a preservação do meio ambiente; 22. Não descarte pilhas e baterias em lixo comum: Pilhas e baterias contêm metais pesados e tóxicos como cádmio, chumbo e mercúrio, que contaminam o solo e a água. Ao descartar pilhas e baterias, procure um posto de coleta especial; 23. Troque as antigas descargas com válvulas por descargas acoplados com caixa: As antigas descargas de sanitários com válvulas gastam entre 10 a 30 litros de água, quando acionadas. Já as descargas acopladas com acionamento duplo consomem apenas 3 e 6 litros de água a cada vez que são acionadas; 24. Reduza o consumo de água: Uma torneira pingando pode desperdiçar cerca de 46 litros/dia, o que equivale a 1, 4 mil litros/mês e 16,5 mil litros/ano. Geralmente o alto consumo de água está relacionado com vazamentos em conexões, reservatórios, tubulações e outros equipamentos; 25. Consumidor consciente escolhe embalagens reutilizáveis: Alimentos fora de bandejas de isopor, copos de vidro, sacolas, prefira produtos que podem ser usados, lavados e reutilizados, ao invés de serem descartados, após a utilização. Essa é uma tendência em curso no mercado em geral, pois reduz a quantidade de lixo na coleta e aterros; 26. Use de maneira eficiente o ar condicionado: Para que o ar condicionado funcione com maior eficiência, não deixe o equipamento em lugares quentes ou sob a incidência do sol. Faça limpeza dos filtros regularmente. Ao ligar o aparelho feche as portas e janelas e, antes de comprá-los, verifique se o tamanho do local, onde será instalado, para ter certeza de que está de acordo; 27. Invista em compras e fornecedores sustentáveis: Fazer compras sustentáveis ou contratar fornecedores comprometidos com a sustentabilidade significa adquirir insumos, produtos e serviços que provocam menos impacto ambiental e podem gerar economia, ao longo dos processos. A compra sustentável nem sempre corresponde a produtos mais baratos; é preciso considerar o ciclo de vida, o consumo de energia e as radiações emitidas no processo produtivo do insumo, produto ou serviço, que estão sendo adquiridos; 28. Reduza o uso de recursos naturais e de substâncias tóxicas: A redução de recursos naturais e de substâncias tóxicas nos produtos vai contribuir para a qualidade de vida; 29. Troque sacolas plásticas por sacolas retornáveis: Sacolas retornáveis são de extrema importância para a redução de resíduos, principalmente para minimizar a quantidade de plástico descartado na natureza. Reduza também o uso das sacolas de papel, cuja fabricação envolve o corte de árvores e muita água; 30. Mantenha as lâmpadas ligadas apenas quando necessário: Um modo de redução do consumo de energia em iluminação, mais barato e fácil é desligar as lâmpadas sempre ao sair de um ambiente ou quando não for necessário o uso delas. Sempre que possível aproveite a iluminação natural, abrindo as persianas, janelas, etc Com essas atitudes estima-se a economia de 10 a 15% do consumo original;
Fonte: Sebrae 30 dicas de práticas sustentáveis – SustentArqui – http://sustentarqui.com.br/dicas/dicas-de-praticas-sustentaveis/ Por favor, sempre faça referência à fonte de onde você está copiando.

Fonte: Sustentarqui

Artigos anteriores
Como fazer brinquedos com tampinhas de garrafa pet
Como fazer brinquedos com tampinhas de garrafa pet

06/09/15

Poucas pessoas sabem, mas é possível fazer arte com tampinha de garrafa pet. Este trabalho, além de servir como um excelente passatempo e deixar a decoração mais descontraída, é uma boa alternativa no que diz respeito à sustentabilidade. Isso porque o artesanato impede que muitas tampinhas sejam descartadas na natureza.
DESCARTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA CONSTRUÇÃO
DESCARTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA CONSTRUÇÃO

18/08/15

Descarte de resíduos sólidos na Construção Civil
100% natural
100% natural

22/07/15

Casa Guaiume - 100% natural Estrutura x Ousadia estética